Notícias

Operação do Governo do Tocantins percorre comércio em bairros mais afetados pela Covid-19, em Palmas, Araguaina e Gurupi

03/06/2020 - Ascom Secad/Governo do Tocantins

Em mais uma edição da operação educativa do Governo do Estado, para prevenção ao contágio da Covid-19, agentes de diversas instituições estaduais, percorreram mais de 60 estabelecimentos comerciais, bancos e lotéricas em Palmas, Araguaína e Gurupi.

Nos locais os agentes encontraram crianças e comerciantes sem máscara, falta de marcação de filas, entre outros problemas,  o que reforça a necessidade de uma presença mais pedagógica dos órgãos governamentais nestes estabelecimentos.  “Nosso papel é garantir que informação segura chegue ao maior número de pessoas possível. Esse é um dos papéis primordiais do Estado”, afirmou o secretário da Administração, Bruno Barreto, ao orientar as equipes em Palmas. 

Ele ainda destacou que além do seu caráter pedagógico,  um dos grandes diferenciais dessa operação é que ela reúne sete diferentes órgãos,  Secretaria da Administração (Secad), Procon-TO, Agência de Metrologia Estadual (AEM), Vigilância Sanitária (VISA) e Polícias Civil e Militar, o que permite que diferentes aspectos da segurança e saúde da população sejam observadas pelos agentes.

Em Palmas, o coordenador da equipe e gerente de fiscalização do Procon-Tocantins,  Magno Silva, apontou que além dos comerciantes, a ação aborda os consumidores, reforçando que são eles os melhores fiscais da população e reforçando os telefones para divulgação de irregularidades locais. “Nosso maior objetivo é orientar para diminuir a propagação do vírus”, pontuou.

Cidadãos que observarem aglomerações de pessoas, ou irregularidades no comercio podem ligar para os telefones 190 - da Polícia Militar, 151 – do Procon  ou 0800 64 27  200 – da ouvidoria da Saúde.

Essa é a segunda edição da operação de educação e prevenção à contaminação pela Covid-19. Mais ações devem ser realizadas ainda este mês, inclusive em cidades do interior, onde os números vêm crescendo expressivamente.

Decreto

A operação atende decreto estadual publicado no Diário Oficial do Tocantins, no último dia de 13 de abril, determinando a realização de  ações de orientação ao funcionamento dos espaços que realizem atividades e/ou executem serviços, públicos ou privados, essenciais ou não essenciais  no Tocantins.

O foco principal é garantir que seja priorizado o distanciamento social adequado em filas para pagamento com marcação identificada aos clientes  que deve ser de, pelo menos, dois metros entre seus colaboradores, bem como medidas que evitem aglomerações de pessoas.

Nos locais com maior circulação de pessoas, também deve ser assegurada, a manutenção de ambientes arejados, com banheiros higienizados, dotados de sabão líquido e papel toalha, bem como a implementação do pleno uso de máscara e disponibilização de álcool em gel. Os agentes ainda orientam sobre como deve ser realizada a correta limpeza de superfícies, utilização de produtos autorizados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), entre outras informações importantes na prevenção ao contágio do Coronavírus.