Notícias

Procon Tocantins em parceria com o Instituto da Fala Interativa promovem interação virtual para servidores 

04/05/2020 - Luciene Lopes/Governo do Tocantins

Por conta do Coronavírus o mundo precisou mudar, radicalmente, se adequando  a novas posturas e  atitude, estabelecendo dentre tantas medidas o distanciamento social. As autoridades no âmbito federal, estadual e municipal, em tempo recorde, tiveram que  tomar medidas drásticas para lidar com a adversidade.

Atenta  à nova ordem mundial, a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor, dentre uma série de medidas, estabeleceu a obrigatoriedade de revezamento e trabalho remoto. Para amenizar o distanciamento social que a medida provocou, foi promovido, recentemente, um círculo virtual de diálogo. A atividade foi realizada pelo Instituto da Fala Interativa (IFI).

Como parte do projeto “Cá entre nós” a reunião que envolveu servidores do Procon Tocantins, foi conduzida pela mediadora de conflitos e sócia fundadora do Instituto,  Rita de Cássia Godoy Cavalcanti, por um  período de 1h30 minutos. A atividade será realizada a cada 10 dias.

Segundo a mediadora, o projeto “Cá entre nós” trata-se de um encontro onde se exercita  a escuta empática e isso contribui com a solidariedade e fraternidade para enfrentamento  desse momentos delicado. “Neste espaço as questões sócio-emocionais, trazidas pelos servidores, foram tratadas com respeito e cuidado despertando neles o senso de comunidade e assim, fortalece o grupo para lidar com a atual conjuntura”, explicou.

Para uma das servidoras participantes, Djanira Gonçalves, graças a criação do espaço virtual  foi possível   compartilhar,  de forma humanizada, um misto de sentimentos  como ansiedade, angústia, medo e saudade. “Foi uma rica oportunidade de nos fortalecermos socialmente, nesse novo formato de  vivência, avaliou.

A responsável pelo setor de Educação para o Consumo, Liliane Borges,  defende que “criar um espaço de empatia entre os servidores ajuda a diminuir a pressão dos sentimentos que cada um está sujeito nesse momento de Pandemia, assim como, alivia a necessidade de contato, principalmente, para aqueles servidores do grupo de risco e que vivem só.”

De acordo com o Superintendente do Procon Tocantins, Walter Viana,  “é  primordial que nesse novo ordenamento da vida em sociedade,  pensar  no bem-estar do cidadão bem como dos  servidores, principalmente, àqueles  do grupo de risco que estão em isolamento, e também os que  continuam na linha de frente, em seus postos de trabalho. Todos tem questões socioemocionais  e a atividade, propicia a oportunidade de falar sobre elas entre si”.