Notícias

Pesquisa do Procon aponta variação de preços de até 188% em presentes para o Dia dos Pais

06/08/2019 - Thaise Marques/Governo do Tocantins

Para orientar os consumidores nas compras do Dia dos Pais, comemorado no próximo domingo, 11, o Procon Tocantins realizou nesta segunda-feira, 5, uma pesquisa de preços dos itens mais procurados para homenagear os pais.  A pesquisa foi realizada em estabelecimentos comerciais de Palma. O link da pesquisa de preços já está disponível no site do Procon:   https://central3.to.gov.br/arquivo/457006/.

Ao todo, foram consultados preços de 51 produtos entre roupas, sapatos, churrasqueiras elétricas, perfumes nacionais e importados, TVs, ventiladores, ar condicionados e celulares, além de produtos para cuidados pessoais como máquinas de corte de cabelo e barbeadores.

De acordo com a pesquisa, o item que atingiu maior variação de preços foi o par de meias social, com variação de 188,41% vendida entre R$ 6,90 e R$ 19,90. Em seguida, está o ventilador de 40 cm da marca Mondial com variação de 101,01%, comercializada entre R$ 99 e R$ 199. E em terceiro lugar, está a churrasqueira elétrica da mesma marca, com variação de 89,19%, comercializada entre R$ 99 e R$ 189.

“A principal orientação é o consumidor pesquise bastante os preços antes de efetuar a compra. Lembrar sempre do orçamento disponível é fundamental. E também ficar atento para a política de trocas da empresa, uma vez que a loja não tem a obrigação de fazer a troca por motivo de tamanho, gosto ou cor”, destacou Walter Viana, superintendente do Procon Tocantins.  

Dicas

O Procon Tocantins alerta sobre alguns cuidados que o consumidor deve ter na realização das compras: Fique atento:

Compras pela internet : Para as compras feitas fora de estabelecimento comercial, como a internet, por exemplo, o Código de Defesa do Consumidor (CDC) garante o direito de arrependimento em até sete dias contados da data do recebimento. Assim, se, nesse prazo, o consumidor desistir da compra pode devolvê-la e ser ressarcido de todos os valores pagos, corrigidos monetariamente.

Formas de pagamento:  O comerciante não pode estabelecer valor mínimo para a utilização de cartão de crédito ou débito. Lojistas que aceitarem pagamentos em cheque não podem recusar cheques de contas recentes.

Produtos eletrônicos: Caso o presente escolhido seja um eletrônico, é bom testar o funcionamento do produto na loja.

O gerente de fiscalização, Magno Silva, destacou que independente do presente escolhido, a nota fiscal deve ser exigida. “Este é um documento muito importante, pois ela é essencial para a troca, garantia e eventual reclamação, caso necessário”, explicou Silva.

Denúncias

Fique ligado no que diz o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e, se precisar, busque ajuda em um dos 11 núcleos do Procon Tocantins: Palmas, Taquaralto, Paraíso do Tocantins, Araguaína, Guaraí, Colinas, Araguatins, Dianópolis, Tocantinópolis, Porto Nacional e Gurupi   . O consumidor também pode fazer denúncias no 151 ou o Whats Denúncia (63) 9216-6840.