Notícias

Procon e Aciara promovem campanha  para quitação de débitos

10/12/2018 - Luciene Lopes/Governo do Tocantins

 

Consumidores de Araguaína e região que estiverem com seus nomes negativados junto ao comércio local, durante esta semana tem a oportunidade de quitarem seus débitos. Entre os dias 10 a 14 de dezembro, o Procon em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara) realizam a campanha “Limpe seu nome”.

 

A ação acontece na sede do Núcleo de Atendimento do Procon, em Araguaína, situada na Avenida Paranaíba, Sala 02, no Centro, com atendimento continuado das 8 às 18 horas. Os atendimentos preliminares realizados pelo Procon  permitirão que  o cidadão  saia com os débitos negociados de forma facilitada consentindo assim quitar os seus débitos e restaurar seu crédito junto ao comércio.

 

Aderiram à campanha os estabelecimentos: Prepara Cursos, Dismacom material para construção, Central do pano, Ótica Perfil, Cemitério Jardim das Paineiras, Colégio Intelectus, Inviolável Araguaína, Casa da Construção, Kamilla Modas, Drogaria do Povo, Visual Calçados e Simone calçados.

 

Para participar da campanha, o consumidor interessado deve se dirigir ao Núcleo de Atendimento do Procon portando documentos de identificação oficial com foto. Após consulta do CPF no SPC e Serasa junto à Aciara e, em caso de o nome está negativado, o cidadão passa a ser atendimento por uma equipe do Procon que verificará se a loja onde o cliente tem o débito está participando da campanha.

Orientações Procon

De acordo com a técnica do Procon e especialista em direitos do consumidor, Liliane Borges, mesmo que haja atendimento de consulta as empresas de proteção ao crédito, é importante que o consumidor, por uma questão de zelo, na hora de negociar os débitos, tenha em mãos todos os documentos relativos a divida, como comprovantes de pagamento e contratos. Outra orientação é realizar uma negociação dentro da capacidade real de pagamento. “Não é importante para o consumidor fazer um novo parcelamento com valores que saiam do orçamento, levando o problema a se agravar ainda mais”, recomendou a técnica do Procon.

Segundo o superintendente do Procon/TO, Walter Viana, a participação do Procon nesse atendimento ao público demonstra ao cidadão que as ações do órgão não se limitam a proteção dos seus direitos enquanto consumidor, mas também oferecer suporte legal às demandas que advêm do consumo .”Uma maioria considerável  dos consumidores querem quitar suas dívidas, então cabe a nós instituições e ou entidades promover campanhas que possibilitem o cidadão  a restabelecer o seu crédito junto ao comércio”, considerou o gestor lembrando ao consumidor que o mais importante é não perder de vista que o melhor caminho é o consumo consciente