Notícias

Procon-TO faz panfletaço Gurupi para orientar consumidor a abastecer veículos nos postos com menor preço

07/12/2016 - Wanja Nóbrega

O Procon-TO realiza nesta sexta-feira, 8, em Gurupi, panfletaço, com distribuição de material impresso que orienta consumidores a programarem o abastecimento de seus veículos sempre nos postos de combustíveis que praticam o menor preço. O panfletaço faz parte da campanha “Pesquisou, baixou!”, lançada na semana passada em Palmas e que se estenderá para todo o Estado. Em Gurupi, a concentração dos agentes de fiscalização e de educação para o consumo do Procon-TO será a partir das 8h30, na Avenida Goiás, em frente à Caixa Econômica Federal.

Para auxiliar o consumidor a encontrar o posto com menor preço, o Núcleo do Procon-TO em Gurupi passou a realizar semanalmente pesquisa de preços dos combustíveis nas bombas de todos os postos da cidade. O resultado da pesquisa é publicado no site do órgão (procon.to.gov.br) e pode ser consultada por qualquer pessoa que tenha acesso à internet.  

Conforme o superintendente do Procon-TO, Nelito Cavalcante, a pesquisa feita pela equipe de fiscalização já apresentou resultados positivos, com sucessivas quedas nos preços dos combustíveis em vários postos, tanto da capital quanto do interior. Entretanto, os postos de Gurupi apresentam resistência em favorecer o consumidor e reduzir o preço, mesmo quando há baixa nas refinarias. “É o consumidor quem vai forçar os preços a baixarem, a partir de sua preferência pelo estabelecimento que fizer oferta de menor preço”, prevê.

O superintendente explica que o Procon-TO não tem competência para regular o preço dos combustíveis. “O que fazemos é fiscalizar para evitar que haja lucros abusivos ou aumentos não justificados do produto”, disse, reforçando que a parceria com o consumidor é fundamental para que esse trabalho seja eficiente. 

Cavalcante lembrou que nem sempre quando há baixa nas refinarias o consumidor sente diferença de preço nas bombas. Mas quando o preço sobe na fonte, então os postos repassam automaticamente o aumento para o consumidor. “Como teve uma alta nesta semana, então as equipes de fiscalização estão atentas para evitar majoração abusiva nas bombas”, anunciou.

O objetivo da campanha “Pesquisou, baixou!” é promover a movimentação consciente e coletiva dos consumidores para alterar positivamente o mercado, dando ao segmento de combustíveis a tão esperada concorrência que reflita em melhoria de atendimento e de preços.

Compartilhe esta notícia